Home
1 -Cinema e Adoção PDF Imprimir E-mail
Escrito por Regina   
Sex, 12 de Agosto de 2016 19:14

Cinema e Adoção - Conversando sobre adoções e afetos

Publico Alvo: pais adotivos e candidatos a adoção

Vagas: minimo 12 pessoas e máximo de 22 pessoas

Duração: 04 encontros quinzenais aos domingos, horário das 16 às 19 hs.

Local: Rua Sergipe, 441 - cj 61 - Higienopolis

Informações e Inscrição: www.sbpsp.org.br 

                                            Sociedade Brasileira de Psicanalise de São Paulo -                                                   3661-9822 R2

Coordenação: Cyntia Peiter e Maria Luisa Ghirardi

Última atualização em Sex, 12 de Agosto de 2016 19:16
 
A reunião mensal PDF Imprimir E-mail
Escrito por Regina   
Qui, 28 de Janeiro de 2016 15:05

Atenção 

“Informamos que algumas unidades das Varas da Infância e Juventude (capital) tem solicitado ao GAASP atenção especial no sentido de atender candidatos habilitados à adoção com demanda especifica. Por esse motivo, os agendamentos das reuniões de pré-adoção tem estado ainda mais concorridos.  

Contamos com a compreensão de todos e lembramos que o GAASP, cuja equipe realiza trabalho totalmente voluntário e não-remunerado, se esforça ao máximo para atender àqueles que nos procuram com qualidade e isonomia.”

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Nossa próxima reunião será no dia 18/09/2016 (domingo) nos seguintes horários:

Pós adotivo (quem já está com o seu filho)

- Primeira vez (10:10hs às 12 hs)

- Quem já frequenta o GAASP (10:30hs às 12 hs)

Pré adotivo (quem já deu entrada no processo, quem já está na fila, quem está pensando sobre adoção, interessados no tema)

- Primeira vez (14 hs. às 17:15 hs)

- Quem já frequenta o GAASP (15 às 17:15 hs)

Para participar da reunião é necessário o agendamento, que  será no dia 12/09/2016 (ultima segunda feira antes da reunião) às 9 hs através de e-mail  Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.  

Última atualização em Ter, 09 de Agosto de 2016 16:22
 
Apadrinhamento ou Familia Acolhedora PDF Imprimir E-mail
Escrito por Regina   
Ter, 06 de Outubro de 2015 16:56

Atenção caso se interesse sobre Apadrinhamento ou Familia Acolhedora procure o Fórum de sua cidade e verifique se há um Projeto de Apadrinhamento ou de Familia Acolhedora.

O GAASP não tem Projetos de Apadrinhamento ou de Familia Acolhedora.

 
Edital Convocação 2015 PDF Imprimir E-mail
Escrito por Regina   
Qua, 01 de Julho de 2015 12:43

EDITAL DE CONVOCAÇÃO
ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA

ELEIÇÃO E POSSE DA DIRETORIA EXECUTIVA E DO CONSELHO FISCAL


 
Nos termos do artigo 8 item “a”, artigo 13 item “a”, dos artigos 15, 16 e 17 dos Estatutos do GAASP – Grupo de Apoio a Adoção de São Paulo, ficam todos os associados convocados para Assembléia Geral Ordinária a realizar-se em 05 de julho de 2015, no SESC Vila Mariana, Rua Pelotas, nr 141 6º andar - Vila Mariana – São Paulo - SP , as 17:00 hrs em 1a convocação e 17:30 hrs com os presentes, para eleição e posse da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal, mandato de dois anos.
O registro das chapas dos candidatos deverá ser feito mediante carta registrada (AR) enviada a sede do GAASP – Grupo de Apoio a Adoção de São Paulo, Rua Dr Andrade Pertence, nr 110 cj 52 Vila Olímpia – CEP 04549-020, até a data de 25 de junho de 2015. Não será permitida a inscrição do candidato em mais de uma chapa, ou postulação a mais de um cargo eletivo.
O voto é pessoal, sendo proibido a representação por correspondência ou procuração.
São Paulo, 25 de Maio de 2015.
 
 
 
GAASP – Grupo de Apoio a Adoção de São Paulo
Alberto Domingues dos Santos
Presidente
Última atualização em Qua, 01 de Julho de 2015 12:45
 
Duda PDF Imprimir E-mail
Escrito por Regina   
Qui, 24 de Outubro de 2013 12:08

Caríssimos amigos da adoção,

 

A Associação Nacional dos Grupos de Apoio à Adoção (ANGAAD), tendo em vista a grande comoção

causada pela repercussão da disputa judicial em que está envolvida a menina Duda, de Contagem

(MG), trazendo temor e insegurança a muitas famílias adotivas e pretendentes à adoção, colocando em

risco o instituto da adoção, vem a público apresentar sua MANIFESTAÇÃO E POSICIONAMENTO 

sobre a devolução de crianças em guarda provisória regularmente concedida por longo período a famílias

adotantes, tendo por base os PRINCÍPIOS DA PRIORIDADE ABSOLUTA E DA PROTEÇÃO

EXCLUSIVA DOS DIREITOS E INTERESSES INFANTO-JUVENIS, previstos na Constituição

Federal e no ordenamento jurídico pátrio.

 A ANGAAD ratifica, ainda, sua posição de defesa da adoção legal, segura e para sempre.

 Solicitamos a todos os Grupos de Apoio à Adoção, famílias adotivas, pretendentes à adoção e

pessoas que lutam pela garantia ao direito à família para todas as crianças e adolescentes, que 

nos auxiliem na divulgação do presente Manifesto para toda a sociedade em todas as regiões brasileiras.

 Em nome de milhares de crianças e adolescentes que aguardam a oportunidade de usufruírem o

direito de vivenciarem a condição de filhos novamente, de fato e de direito, agradecemos a contribuição de todos.

 

Abraços afetivos!

 

 

Suzana Sofia Moeller Schettini

Presidente da ANGAAD

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Última atualização em Sex, 25 de Outubro de 2013 11:41
 
Importante PDF Imprimir E-mail
Escrito por Regina   
Seg, 22 de Julho de 2013 17:28

 

IMPORTANTE

 

Os Grupos de Apoio à Adoção do Brasil representados pela ANGAAD – Associação Nacional dos Grupos de Apoio à Adoção, vem, pela presente mensagem, manifestar sua preocupação e repúdio quanto a metodologia utilizada porvárias páginas e perfis no FACEBOOK, incentivando adoções diretas. Este procedimento é absolutamente ILEGAL e pode trazer danos irreparáveis para todos os envolvidos: intermediários, mãe biológica, adotantes e, sobretudo,a criança.

- A ANGAAD defende a prévia habilitação, o cadastramento nacional dos habilitados e das crianças/adolescentes disponibilizados;

- A ANGAAD luta por ADOÇÕES LEGAIS, isto é, feitas pelo meio judicial, respeitado o devido processo legal, com a participação de todos os atores de direito envolvidos e o cumprimento de todas as etapas exigidas por lei;

 - A ANGAAD luta por ADOÇÕES SEGURAS E PARA SEMPRE, ou seja, aquelas feitas legalmente, via Judiciário, com estudos sociais das equipes técnicas responsáveis, parecer do Ministério Público e demais atos necessários ao devido processo legal, e, principalmente, aquelas cujos pretendentes se prepararam emocionalmente, buscando informação, leitura, troca de experiências acerca do tema da adoção, para a consolidação do propósito em adotar;

- A ANGAAD entende que as regras legais atuais para as chamadas adoções diretas são excessivamente rígidas e, democraticamente, como deve ser em um Estado democrático de direitos, atua junto ao Congresso Nacional para a revisão dos dispositivos que regulamentam a matéria, adequando a norma à realidade social. Todavia, esperando que as sugestões apresentadas sejam acatadas, em nenhum momento cogita que esta prática de anunciar pelas redes sociais, ou por qualquer mídia, pessoas pretendentes à adoção e pessoas  dispostas a entregar seus filhos possa ser aceita no ordenamento jurídico;

 

NOTA PARA AS PESSOAS QUE DESEJAM ADOTAR:

A partir da Lei 12010, todos os encaminhamentos de adoções precisam acontecer via Judiciário. A Justiça da Infância e Juventude, responsável  pela colocação da criança na família substituta, realiza estudos com as
famílias candidatas à adoção, através de equipes interprofissionais, objetivando garantir que as crianças disponíveis para adoção sejam bem acolhidas e possam se desenvolver em um ambiente saudável.
A adoção ilegal pode causar muitos transtornos para quem opta por essa alternativa, a começar pela perda da criança, chegando a punição penal.
É dever de qualquer cidadão denunciar, imediatamente, aos órgãos responsáveis, os casos de abandono ou doação ilegal de crianças e adolescentes que tiver conhecimento.
É imprescindível que as pessoas que desejam adotar uma criança passem pelos trâmites legais, que incluem cursos de preparo para a adoção, exigidos na Lei 12010.
Somente a adoção legal pode assegurar que a criança seja adotada de forma segura e para sempre.

 

NOTA PARA AS MÃES QUE DESEJAM DOAR SEU FILHO:

Entregar um filho em adoção não é crime, mas as genitoras que desejam fazê-lo devem dirigir-se à Vara da Infância e Juventude de sua cidade, que o encaminhará a uma família que esteja legalmente habilitada e preparada para adotá-lo.
Nem todas as pessoas estão preparadas para receber uma criança e para educá-la com o amor e maturidade que ela merece e precisa. O Juizado da Infância sabe quem são as famílias que estão preparadas de acordo com a Lei e fará o encaminhamento da criança com segurança.
Entregar a criança para uma pessoa que se conhece pela Internet não será garantia de que ela será adotada legalmente.
Garanta os direitos e o futuro de seu filho, entregue-o na Vara da Infância e procure nela sua orientação e apoio.(Parágrafo único do artigo 13 da lei federal 8069 de 13/06/90 – ECA (parágrafo introduzido através da Lei 12010/09): “As gestantes ou mães que manifestem interesse em entregar seus filhos para adoção serão
obrigatoriamente encaminhadas à Justiça da Infância e Juventude”.)A Angaad se manifesta em prol da adoção legal e alerta que providências estão sendo tomadas para denunciar e coibir práticas que estão sendo
efetuadas na contramão da lei, denegrindo o instituto da adoção e prejudicando pessoas e instituições que trabalham legalmente nos procedimentos adotivos.

SUZANA SOFIA MOELLER SCHETTINI
PRESIDENTE DA ANGAAD

 
Edital de Convocação PDF Imprimir E-mail
Escrito por Regina   
Qua, 12 de Junho de 2013 15:02

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA

 

 

Nos termos do artigo 8 item “a”, artigo 13 item “a”, dos artigos 15, 16 e 17 dos Estatutos do GAASP – Grupo de Apoio a Adoção de São Paulo, ficam todos os associados convocados para Assembléia Geral Ordinária a realizar-se em 14 de julho de 2013, no SESC Vila Mariana, Rua Pelotas, nr 141 5º andar - Vila Mariana – São Paulo - SP , as 10:15 hrs em 1a convocação e 10:45 hrs com os presentes, para eleição e posse da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal, mandato de dois anos.

O registro das chapas dos candidatos deverá ser feito mediante carta registrada (AR) enviada a sede do GAASP – Grupo de Apoio a Adoção de São Paulo, Rua Dr Andrade Pertence, nr 110 cj 52 Vila Olímpia – CEP 04549-020, até a data de 04 de julho de 2013. Não será permitida a inscrição do candidato em mais de uma chapa, ou postulação a mais de um cargo eletivo.

O voto é pessoal, sendo proibido a representação por correspondência ou procuração.

                                               São Paulo, 03 de junho de 2013.

 

 

 

GAASP – Grupo de Apoio a Adoção de São Paulo

Roberto de Paula Beda

Presidente

 

Última atualização em Qua, 12 de Junho de 2013 15:09
 

PRÓXIMA PALESTRA

Data: 18/09/2016

newTemas: Os efeitos do abandono na vida da criança e os caminhos para superá-los pela familia adotiva(Pré Adotivo) 

Trauma (Pós Adotivo)new

Agendamento (ultima segunda feira antes da reunião): 12/09/2016 às 9hs, através do e-mail  Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.  

Horários da reunião:

Pós Adotivo (quem já está com o filho) 10:10hs às 12 hs. para a primeira vez e das 10:30hs às 12 hs quem já frequenta

Pré adotivo (quem ainda não está com o filho):14 às 17:15 hs para quem comparece a primeira vez e os demais das 15 as 17:15 horas.


Veja o Calendário Completo
 
<< Início < Anterior 1 2 Próximo > Fim >>

Página 1 de 2

Outras Formas de Acolher

Enquete

O que você achou do novo site?
 

Quem está online

Nós temos 7 visitantes online

Parceiros

villaggio

placanova2006_detalhe_2_154_44


panamby


confiweb

Dona_Florinda 

 Parrilla_Brasil

 Sargento_Garcia